Ir para o conteúdo principal
Advice

O que é a Black Friday? A história do maior evento de vendas do ano!

O que é a Black Friday? A história do maior evento de vendas do ano!
Fernanda Almeida
Redatora e Especialista em Produtos de Beleza8 dias atrás
View Fernanda Almeida's profile

O que é a Black Friday? A história do maior evento de vendas do ano!

O que é a Black Friday­?

A Black Friday é um dia de grandes ofertas. A data é sempre muito esperada. As pessoas poupam o seu dinheiro e fazem as suas listas de compras com antecedência. Tanto os vendedores como os clientes preparam-se mentalmente para este dia.

Todas as últimas quintas-feiras de Novembro, o mundo inteiro faz a mesma coisa – compras! Com descontos que podem atingir até 70 ou mesmo 90 por cento, a Black Friday é um dia de ofertas imperdíveis.

Mas sabes de onde vem esta tradição? Qual é a história da Black Friday? E porque é que o evento tem este nome?

Hoje, vamos explicar tudo sobre a Black Friday!

 

Black Tuesday e Black Monday?

Alguns dias históricos receberam a alcunha de black ao longo da história. Diversas datas da história mundial ficaram conhecidas como Black Fridays, mas também houve a Black Tuesday e a Black Monday. Os três dias deram início a crises económicas.

A Black Tuesday (ou Terça-feira Negra) no dia 29 de Outubro de 1929, quando ocorreu o maior crash da bolsa de valores nos EUA. Devido à fraude na bolsa de valores, as cotações das empresas subiram acentuadamente no início, e depois caíram de forma igualmente acentuada. Isto fez com que as maiores empresas perdessem milhões de dólares por minuto – imaginem só! Em dois dias, a bolsa de valores perdeu mais de 30 bilhões de dólares. Assim começou a era da Grande Depressão nos Estados Unidos.

A Black Monday (ou Segunda-feira Negra) ocorreu no dia 19 de Outubro de 1987. Este dia foi muito semelhante à Black Tuesday: as ações de diversas empresas foram hipervalorizadas e depois caíram abruptamente. Desta vez, porém, não foi apenas a manipulação da bolsa de valores, mas também as tensões nas relações internacionais e o surgimento de empresas de computação e software, que começaram a atrair investimentos, deslocando-os de outras empresas.

 

Como surgiu a Black Friday?

Há muitas teorias sobre o surgimento da Black Friday. Na nossa opinião, o fenómeno foi o resultado de uma coincidência e de um simples desenvolvimento da história.

Tudo começou, infelizmente, com uma crise profunda. No dia 24 de setembro de 1869 o Tesouro dos Estados Unidos, sem aviso prévio, organizou uma retirada maciça de ouro do mercado. A intenção era valorizar o preço do metal, mas a iniciativa não deu certo. Além disso, o preço do ouro entrou em colapso, baixando em 30% devido à ação especulativa. Isto levou à falências em massa, tanto de indivíduos como de empresas. O dia ficou conhecido como a Sexta-feira Negra.

Mas isso foi em setembro, e não em novembro. Então como é que a Black Friday que todos conhecemos sempre ocorre na última sexta-feira de novembro? A data foi influenciada por dois fatores: o feriado americano de Ação de Graças (que é celebrado na quarta quinta-feira do mês de novembro) e a Polícia Estatal de Filadélfia.

Nos anos 50 e 60, cada quarta sexta-feira de Novembro era um inferno para eles: as pessoas ficavam presas em engarrafamentos de trânsito durante horas, havia pandemónio nas ruas. Tudo por causa do feriado de Ação de Graças no dia anterior.

Para piorar a situação, as pessoas sabiam que tentar fazer compras neste dia após o trabalho era uma tarefa praticamente impossível. Por isso, muitas pessoas tiravam o dia de folga ou saiam mais cedo dos seus trabalhos. Por isso, a polícia começou a adotar o termo Black Friday para esta data.

Existe também outra teoria, de que o termo viria de uma prática de contabilidade. De acordo com esta teoria, os retalhistas costumavam marcar as suas cadernetas em vermelho quando o saldo estava negativo e em preto quando estava positivo. Acontece que durante a maioria do ano, os retalhistas operavam com um saldo negativo. Era justamente após o Dia de Ação de Graças que o saldo passava a ser positivo e era escrito com tinta preta!

Quanto aos descontos, a origem é bem mais simples. No início dos anos 80, quando uma análise de mercado mostrou o forte aumento das vendas na última sexta-feira de novembro, os donos das lojas optaram por um estratégia para atrair clientes.

Os retalhistas decidiram adotar uma prática do final dos anos 50. A estratégia doorbuster: descontos oferecidos somente durante uma parte de um dia específico. Estas ofertas eram aplicadas a produtos selecionados e só eram válidas em compras feitas em um período curto durante a manhã. A estratégia funcionou! As pessoas varreram absolutamente tudo das prateleiras, mesmo o que estava à venda ao preço normal.

 

A Black Friday nos dias de hoje

Na década de 2000, a Black Friday assumiu proporções tremendas. Foram registadas as primeiras lutas entre compradores e até mesmo algumas mortes. Apesar disso, a celebração das compras não perdeu a sua relevância e popularidade, em grande parte graças às compras online. Agora não há necessidade de acampar em frente às lojas – basta ir ao site.

A duração das promoções também ajuda. Antigamente, a Black Friday costumava ser um fenómeno de apenas um dia, mas agora as lojas oferecem agora descontos em vários dias!

A LOOKFANTASTIC não é uma exceção! Não percas a oportunidade de comprar os teus produtos favoritos no nosso website!

Fernanda Almeida
Redatora e Especialista em Produtos de Beleza
View Fernanda Almeida's profile
Sou apaixonada pelo mundo da beleza desde a minha adolescência. Como sou nascida e criada no Rio de Janeiro, não é de surpreender que a minha filosofia de beleza seja bastante carioca: natural e descontraída, com foco em uma pele luminosa e cabelos saudáveis. Isto é possivel através de uma diligente rotina de autocuidado e usando maquilhagem estrategicamente para conseguir aquele aspeto radiante de uma segunda pele. Não vivo sem óleos faciais, um bom protetor solar, e um corretivo de longa duração e estou sempre atenta a possíveis novas adições à minha coleção. Já experimentei vários produtos e marcas, mas conviver com pele acneica durante a maior parte da minha vida tornou-me super exigente. Não é assim tão fácil ganhar um lugar permanente na minha rotina de beleza, porque só procuro produtos que demonstrem os melhores resultados. Adoro trocar segredos de beleza com pessoas do mundo inteiro e aprender sobre as mais novas tendências.
lfint